A romantização do sexo sem camisinha em livros de romance

Ano após ano o índice de doenças sexualmente transmissíveis não para de crescer no Brasil, infelizmente, mesmo assim ainda temos diversos livros romantizando o sexo sem camisinha. Vamos conversar sobre isso?!

O site saúde da editora Abril publicou esses dias um artigo sobre o aumento de doenças sexualmente transmissíveis por esses tempos e queria mostrar um trecho para vocês:

[…]Tudo leva a crer que a população em geral baixou a guarda contra os males que se aproveitam do sexo desprotegido. Um levantamento do próprio ministério de 2009 calculou que algo em torno de 10 milhões de brasileiros já apresentaram sintomas de uma DST, como lesões, verrugas e corrimentos nos órgãos genitais. Na mesma pesquisa, descobriu-se que só 24,3% dos homens e 22,5% das mulheres que procuraram um serviço do SUS foram orientados a fazer o exame que detecta a sífilis — os números são um pouco maiores para o teste de HIV.

“Alguns profissionais da área ainda pensam que só pega esse tipo de infecção quem é promíscuo, e isso não é verdade”, diz o ginecologista Mauro Romero, presidente da Sociedade Brasileira de Doenças Sexualmente Transmissíveis. “Qualquer pessoa sexualmente ativa, independentemente de faixa etária, classe social ou opção sexual, pode contrair uma DST. Basta praticar sexo inseguro”, frisa o médico, que também é professor da Universidade Federal Fluminense.

Quase quatro em cada dez brasileiros de 18 a 29 anos ouvidos na pesquisa “Juventude, Comportamento e DST/Aids”, que entrevistou 1 208 pessoas nessa faixa etária em 2012, admitiram não usar preservativo em sua última relação. É mais uma evidência que corrobora uma triste constatação: nesse grupo, o fator de risco para doenças que mais cresceu nas últimas duas décadas foi o sexo inseguro. De 1990 a 2013, migrou da 12ª para a 2ª colocação na faixa dos 15 aos 19 anos e do 6º para o 2º lugar para quem tem entre 20 e 24 anos – só perde para o consumo de álcool.”

Então, fiz um vídeo para falarmos um pouco sobre esse tópico super importante:

As minhas leituras de Fevereiro

Olá, meus leitores lindos! To atrasada demais, mas tô por aqui 🙂 dá uma conferida em como foram as minhas leituras do mês de fevereiro!


Novamente Você – Juliana parrini

Maria Rita foi embora para nunca mais voltar. Deixou para trás o marido, os pais, as irmãs e uma vida de pobreza em uma cidade pequena da qual sempre quis sair. Doze anos depois, ela volta como partiu: sem maiores explicações. Mas agora Maria Rita é a sofisticada Miah, acostumada ao glamour e à vida superficial de Hollywood. Ao chegar, ela se dá conta de que não foi a única que mudou: seu ex-marido, Leonardo Júnior, agora é um homem bem-sucedido, diferente do caiçara com quem ela se casou ainda muito jovem. Empresário de sucesso, Léo parece ter superado o trauma de ser abandonado pelo grande amor de sua vida, até que reencontra a mulher que pensou que nunca mais veria. Apesar da mágoa, ele não consegue deixar de ter vislumbres de sua Maria Rita sob a pele da arrogante Miah. E resistir à antiga paixão será o maior desafio que já enfrentou.


After – Anna Tod

Depois de bater a marca de um bilhão de acessos na plataforma de leitura Wattpad, a série After vira livro e promete ser o novo fenômeno editorial. No primeiro livro, Tessa é uma garota de 18 anos que acaba de deixar a casa de sua mãe para ir morar no campus da faculdade. Estudiosa, responsável e recatada, ela não quer saber de festas e nem de paixões. No primeiro dia na faculdade, Tessa conhece Hardin, um jovem rude, lindo e todo tatuado que implica com seu jeito de garota certinha. Os dois se detestam, mas ao mesmo tempo não conseguem ficar longe um do outro. Logo, começam um relacionamento intenso e turbulento. Consumida por uma paixão que ela imaginava não ser possível, Tessa vê sua sexualidade aflorar. Mas por trás do chame irresistível de badboy, Hardin carrega fantasmas de seu passado, que podem colocar tudo a perder. Depois de Hardin, Tessa nunca mais será a mesma.


After 2 – Depois da verdade (abandonei) – Anna Tod
Depois de bater a marca de um bilhão de acessos na plataforma de leitura Wattpad, a série After vira o novo fenômeno editorial. No segundo livro, Tessa tenta esquecer Hardin, o jovem caótico e revoltado que partiu seu coração em vários pedaços. Mas ela está prestes a descobrir que alguns amores não podem ser superados. Como apagar da memória as noites apaixonadas em seus braços, ou a eletricidade de seu toque? Hardin sabe que cometeu o pior erro de sua vida ao ter magoado Tessa tão profundamente. Ele não acha que merece tê-la de volta, mas se recusa a deixá-la partir. Neste livro, Hardin vai lutar com toda a sua força para reconquistar o grande amor da sua vida. Ao longo do caminho, os seus mais profundos segredos serão revelados. Depois da verdade, será que o amor de Tessa e Hardin resistirá?


Primeiras Impressões – Laís Rodrigues
Primeiras Impressões é uma adaptação moderna do clássico Orgulho e Preconceito de Jane Austen. O romance eterno de Lizzie e do Sr. Darcy é situado desta vez entre paisagens paradisíacas do Brasil e cenários surpreendentes dos Estados Unidos, em um relacionamento complexo entre uma carioca sarcástica e brilhante e um político americano de uma família conservadora.

As batidas perdidas do coração – Bianca Briones
Viviane acaba de perder o pai. Com a mãe em depressão, ela se vê obrigada a assumir o controle da casa com o irmão mais novo. Rafael teve o pai assassinado há alguns anos e agora viu quatro pessoas de sua família, incluindo a única irmã, morrerem em um acidente de carro. Viviane pertence a uma classe social que ele despreza. Rafael é tudo o que ela sempre ouviu que deveria evitar. Eles são opostos, porém dividem a mesma dor. Jamais se aproximariam se a morte não os colocasse frente a frente, e agora, por mais que saibam que são completamente errados um para o outro, não conseguem evitar uma intensa conexão, que poderá salvá-los ou condená-los para sempre.
• Para leitores da série Belo Desastre.
• Bianca Briones é muito conhecida por seu blog literário e tem cerca de 30 mil seguidores no Twitter.
• Primeiro livro nacional do gênero New Adult a ser publicado pela Verus.

Minha coleção de Alice no país das maravilhas

Olá, meus leitores lindos! Finalmente, um vídeo que vocês pediram pra caramba: Minha coleção de Alice no país das maravilhas!

Confesso que esse vídeo demorou para sair porque eu não sou nem um pouco organizada nessa coleção – diferente de muitos colecionadores que colocam tudo separadinho – eu uso grande parte dessas coisas, então é uma coleção que faz parte do meu dia a dia, mas tentei juntar tudo que eu lembrei e fiz o vídeo cheio de carinho.

Se vocês tiverem dúvidas sobre os produtos, só me avisarem!

Como fazer saia de bailarina sem costura / Tutu de ballet

Olá, meus leitores liiindos! Carnaval chegou e você está sem fantasia, mas quer pular o carnaval em estilo? Vem que eu te ensino como fazer uma saia de bailarina sem costura rápido, e você pode montar várias fantasias – de bailarina ou não! No final do post coloquei algumas inspirações de fantasias que podem ser feitas com essa tutorial – só você deixar sua imaginação rolar.

Abaixo o vídeo que explica direitinho como fazer a saia de bailarina sem costura você pode fazer e a quantidade de tule que vai precisar, facinho!

Inspirações 
Rainha de Copas – Veja o Tutorial – usei para correr a Princess Magical Run do ano passado e depois no halloween com uma blusa diferente 🙂

Monster cookie 

Personagens de Alice no País das maravilhas

Bonequinha de luxo <3 <3 <3

Campanha da GE chama mulheres para engenharia

A GE criou um vídeo institucional muito legal imaginando um mundo onde uma cientista do sexo femino, no caso, Millie (Mildred) Dresshauls — a primeira mulher a receber a medalha Nacional (dos Estados Unidos) de Ciência em Engenharia, como se ela fosse tratada igual a uma celebridade!

Gostei muito do posicionamento da empresa e achei que seria legal mostrar por aqui, desde o início do ano, eu tenho visto diversas campanhas falando sobre mulheres nas áreas científicas, e como sei que muitas leitoras estão na fase de vestibular / ensino médio, queria muito que vocês se sentissem incentivadas a seguir carreiras nessas áreas. Na época, em que eu estava no colégio, achava mesmo que muitas áreas eram “coisas de homem” —  espero que vocês não passem por isso!

No final do vídeo, a GE mostra que tem um plano de ter até 2020 o total de 20.000 mulheres trabalhando em cargos técnicos e exemplifica com a foto de algumas funcionárias.

Dá uma conferida no vídeo (se você não sabe inglês, ative a legenda automática, ela está quase 100% e dá para enter o vídeo):