Despedida de solteira

despedida de solteira resenha mila
Autor: Mila Wander
Título Original: Despedida de Solteira
Editora:  Editora Literata

Sinopse:

Amande estava com tudo pronto para o seu casamento: buffet completo, salão de festa, garçons, fotógrafos, igreja, iluminação, filmagem, cerimonial, decoração, convites, vestido, maquiagem, depilação… Ela tinha absolutamente tudo sob controle. Ou melhor, quase tudo… Sequer havia cogitado uma despedida de solteira! Guiada pelas suas amigas – e madrinhas -, Amande descobrirá que nem tudo acontece como o planejado. Caleb é um garoto de programa pronto para mais um trabalho; proporcionar diversão e entretenimento na despedida de solteira de Amande, uma mulher organizada, viciada em limpeza e planejamento. 

Resenha: Achei muito divertido ter lido esse livro durante meu recesso de fim/início de ano, achei um tanto motivacional. Definitivamente, é a minha leitura indicada para o mês de janeiro – sério, não deixei de ler! Confesso que quando vi o livro na Loja da Amazon, ele não me chamou atenção (e olha que estava de graça), isso porque achei a capa vulgar – me lembrou bastante aqueles romances eróticos de banca de jornal com linguagem mais escrachada impossível hahaha, mas uma amiga que tem um gosto similar com o meu me indicou (valeu, Bia!) e eu decidi dar uma chance.

Foi a melhor coisa que eu fiz, ainda bem que baixei o livro antes de viajar, me rendeu risadas e uma reflexão. Amande é a verdadeira garota “certinha”, aos 27 anos, nunca pisou fora da linha de bom comportamento delimitada pela sociedade, está prestes a se casar com seu primeiro e único namorado, após 9 anos de namoro (UFA), é dona de seu próprio negócio e tudo parece maravilhoso.

Amande é tão certinha que esquece completamente da despedida de solteira (e depois de namorar tanto tempo, acho que eu também esqueceria), mas para o seu desespero suas amigas não esqueceram e planejam o final de semana perfeito. Apesar de odiar ser surpreendida, a noiva decide relaxar e não ser má com as amigas que tiveram o cuidado e trabalho de organizar tudo, assim embarca no final de semana de sua vida. Não quero falar muito porque se não estraga toda a surpresa do livro, que chegou a me dar um frio na barriga com seus acontecimentos. Mas preciso falar do Caleb… Ahhhhhh o Caleb, pedaço de mal caminho que todo mundo queria na vida, ele não é o estereotipo que eu imagino de todo stripper e garoto de programa, aqueles caras nojentos que a gente vê na televisão que faltam se comer sozinhos, odeio do fundo do coração e não sinto um pingo de atração por homens com sungas fio dental hahahaha. Mas, Caleb não é assim – ainda bem.

É impossível não ficar tentada a conhecer um moreno de olhos profundamente azuis! Apesar da capa que eu achei “demais” o livro não é obsceno, é tranquilo, sensual e rende boas risadas. Algo que me incomodou um pouco foi que eu senti falta de mais contexto do local onde o livro se passa – não é dito no livro em que se cidade se passa a história, qual é a praia pra qual elas vão e onde fica o negócio de Amande, isso me chateou porque pra mim é essencial ser contextualizada, ainda que a cidade seja fictícia como é o caso de diversas obras. O legal é que uma obra nacional 🙂 ! Vale a pena leitura, e depois de ler, impossível não pensar : O que eu estou fazendo da minha vida? Agrada totalmente a mim ou apenas aos outros?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *