Eu amo New York

Eu amo New York_capa.ai
Autor: Lindsey Kelk
Título Original: I heart new york
Editora: Editora Fundamento
Nota: 4.4

Sinopse: Será que fugir do ex-noivo rumo ao destino mais vibrante e inesquecível do planeta pode ser o suficiente para curar um coração partido? Para Angela Clark, a inglesa mais indecisa do mundo… sim! Com um pouco mais do que um par de sapatos Louboutin e seu passaporte, é New York – a cidade onde a vida pulsa de verdade – que Angela escolhe como seu destino de aventuras. E lá encontrará a ajuda da pessoa mais antenada da cidade, Jenny, sua nova melhor amiga. Indecisa entre dois homens ma-ra-vi-lho-sos, tentada pelas vitrines das lojas mais famosas do mundo e com medo de ter que voltar para Londres, Angela terá que tomar muitas decisões.

Notas

Atributo Nota
Capa 5
Enredo 4,5
Escrita 4
Personagens 4
Final 4,5
Classificação geral 4,4

Como eu disse no vídeo de recebidos de Janeiro, eu estava super curiosa para ler Eu amo New York por ele se passar em New York, e eu vou para lá daqui 2 meses, então achava que o livro poderia me colocar no clima do lugar e quem sabe indicar alguns lugares legais nos quais eu poderia visitar, já sei os básicos, mas é sempre bom ter mais dicas, né? No caso de Eu amo New York, eu achei ainda mais válido porque a autora do livro, Lindsey Kelk, provavelmente, se inspirou na própria vida para criar Angela Clark e em lugares que ela gosta.

4 eu amo new york lindsey kelk

Em Eu amo New York, Angela Clark é uma escritora de livros infantis e pequenos roteiros, é britânica e decide fugir para New York depois de uma desilusão amorosa e, adivinhem só? Lindsey é britânica e antigamente era editora de livros infantis, atualmente, vivendo em New York, escreve artigos para revistas e é blogueira! Particularmente, eu gosto de livros que de alguma forma se ligam com a vida do autor, isso porquê eu acredito que isso dá um toque veracidade aos fatos do livro.

Mas, vamos falar sobre a Angela. Angela é uma mulher de 26 anos, ela namorava Mark há 10 anos e há pouco tempo eles ficaram noivos, no entanto, o que parecia ser uma vida tranquila, sem novidades e segura, vira de cabeça pra baixo e Angela acaba magoada e sem saber como lidar com a situação, em um surto de momento (e de coragem) ela decide fugir de todos, para onde? New York. O livro me pegou muito de surpresa quando jogou a Angela em New York eu achei que isso aconteceria de forma mais planejada haha, eu achei a personagem de uma coragem incrível, eu queria ser Angela e me jogar em um avião sem reserva de hotel, sem nada e me jogar no mundo – claro que ela também tinha uma bela poupança para gastar isso, mas que melhor forma de torrar o dinheiro que você estava guardando pro seu casamento que nunca vai acontecer?!

3 eu amo new york lindsey kelk

Angela vive em New York o sonho de qualquer mulher (mesmo sem ter sido traída), a Big Apple abre os braços e a acolhe da melhor forma possível, logo que chega Angela é bem recebida por Jenny, a recepcionista do hotel onde ela se hospeda e que acaba virando sua amiga, Jenny é super divertida e torna Angela sua missão pessoal! Logo, a grande cidade cheia de atrativos e homens bonitos vai curando o susto que a personagem levou e ela começa a se reconstruir, e foi muito divertido e gostoso acompanhar junto a jornada da personagem. O mais engraçado são os apertos que ela passa por estar há 10 anos sem paquerar ninguém, ouvindo as loucuras da colega Erin que impõe “As Regras” sobre o que ela deve ou não fazer em encontros. Quanto aos encontros, a sortuda Angela, encanta logo na primeira semana dois lindos caras: Alex e Tyler. Tyler é um bem sucedido banqueiro em WallStreet, enquanto Alex, é um músico mais ou menos famoso que vive no Brooklyn e tem aquela pinta de artista hipster – ambos, obviamente, são lindos de morrer hahaha! Achei que o livro tem um “quê” de Sex and the City, a Angela acaba conseguindo um freela onde ela escreve uma coluna, onde ela conta sua relação com a cidade de New York e sobre seus encontros com Alex e Tyler.

“Não é sobre sair com caras. Acho que é mais sobre me encontrar, descobrir quem eu sou.”

Gostei muito da evolução da personagem, principalmente, no final onde ela precisa decidir se a temporada em NY é só uma fantasia, férias muito perfeitas ou é aquele caminho que ela vai seguir e firmar a sua vida. Sofri as indecisões junto com a personagem e me desesperei com ela também.

Como eu já previa, o livro me deu várias indicações de coisas legais para fazer em New York, algumas eu já pretendia e outras não conhecia mesmo, eu fui anotando enquanto lia, mas não precisa fazer nada disso, no final do livro tem uma lista completa de indicações da autora de coisas legais pra fazer em NY. Eu só vou passar a Bloomingdales porque não tô podendo gastar 300 dólares em um vestido haha!

2 eu amo new york lindsey kelk

Pontos negativos: A censura de palavrões no livro, eu adoro os chick-lits onde as personagens soltam o verbo e mostram que é normal mulher ficar irritada e xingar ué, achei estranho encontrar uns “p….m…” fala PUTA MERDA com letras garrafais, por favor. A palavra “blogue” está em todo o livro (não sei se é a forma “correta” de escrever em português, mas ninguém fala dessa forma), eu não sei lidar, me deu alguns tiques nervosos não ver escrito “blog”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *