los angeles marian keyes resenha
Autor:  Marian Keyes
Título Original: Angels
Editora: Bertrand Brasil
Nota: 5
Sinopse:

Maggie sempre foi uma anjinha, a cria mais certinha da complicada (e engraçadíssima) família Walsh… até se cansar de andar na linha e mandar todas as regras que a prendiam a um dia-a-dia sem sal (e muito menos açúcar) às favas – a começar pelo casamento (que, para o bem da verdade, nunca havia realmente engrenado) e o trabalho bitolante numa firma de advocacia. Ao largar essa vida em preto e branco no passado, Maggie decide se mandar para o lugar onde a realidade promete ser colorida e maravilhosa: Hollywood, claro! Terra do glamour, da liberdade, da beleza (até as palmeiras das calçadas são magras), da luxúria e, obviamente, da diversão! Em Los Angeles, o sexto romance de Marian Keyes, acompanhamos Maggie Walsh em sua busca por um sentido na vida em meio às calçadas estreladas de Hollywood, os subúrbios sofisticados de L.A., o bronzeado deslumbrante que só se consegue nas praias da Califórnia, vários martínis, algumas decepções… e muitas risadas, claro. 

Resenha:
Apenas começarei dizendo que é Marian Keyes, tem como não amar todos os livros dessa mulher!? Eu já li Melancia, Férias, Tem alguém aí!? e Casório e simplesmente AMEI todos. Mas, confesso á vocês que não fui a pessoa mais inteligente do mundo e li tudo na ordem errada 🙁 então no final desse post tem a ordem correta dos livros para você não cometer a mesma burrada do que eu haha! Esse livro em específico me pegou de surpresa em muitos momentos… Houveram algumas reviravoltas dentro do enredo que eu de fato não imaginava, uma das característica da Marian é ter truques dentro da leitura… Você acha que sabe o que está acontecendo, mas não sabe de nada. Eu, particularmente, amo isso.

Além de tudo, eu li numa época bem legal da minha vida que foi um mês antes da minha primeira viagem completamente sozinha, acredito que a Maggie ficou registrada como corajosa e me deu uma injeçãozinha de ânimo para ganhar o mundo, afinal, se as personagens dos meus livros favoritos podem fazer grandes feitos, por que eu não?

image (12)

Personagens Principais:
Maggie
Nossa personagem principal, mais uma das meninas Walsh – a mais certinha delas, adorada pela mãe e tida pelas irmãs como a irmã sem graça, que é incapaz de quebrar a rotina ou tomar qualquer atitude fora do padrão certinho. Bem sucedida, casada e com uma vida morna.

“Nunca fui muito fã do caos, e nunca consegui descobrir o porquê de ser tão diferente. Em meus momentos de solidão, costumava fantasiar que era adotada, mas nunca pude embarcar nessa ideia porque era óbvio, pela minha aparência que eu era uma delas [Walsh]”

Eu acredito que é muito fácil se identificar com a Maggie, eu tenho 21 anos, mas imagino quantas mulheres chegam aos 30 com as mesmas indagações, medos e vontades dessa personagem. Eu realmente admirei a coragem da Maggie de jogar tudo pro alto e ir atrás do que ela acreditava ser o seu sonho o que era melhor naquele momento.
Entrou para a lista de personagens que eu admiro.

Emily
Amiga de colégio de Maggie, sonhadora e ambiciosa, se atirou em Hollywood tentando a vida de roteirista famosa. Definitivamente, foi uma das personagens que mais me fez rir, doidinha de tudo e com certeza uma pessoa que eu gostaria de ter como amiga. Emi é aquela amiga que não faz esforço para ser linda, mas não deixa isso subir a cabeça e te ajuda a encontrar sempre com as últimas tendências de beleza.

Garv
O marido de Maggie, não o mais lindo dos homens, mas o tal cara que você acorda um dia e sente que é legal estar casada com o mesmo. Alto,atuário e calmo – o que o faz ser confundido com um sujeito chato. Durante o livro o leitor é levado a diversos sentimentos em relação ao personagem, eu mesma me vi diante de muitas conclusões sobre ele e muitas vezes fiquei muito brava com as reações da Maggie – como todo casal de livros que amamos, acabei vivenciando as dores e alegrias do casal junto a eles.

Shay Delaney
O vulgo amor de adolescência que parece nunca te deixar em paz… Que a cada vez que você vê sente uma pontadinha dentro do coração. Uma das minhas cenas preferidas é quando a Maggie encontra com ele na rua depois de muitos anos – e ela personfica os pensamentos de TODOS nós, seja homem ou mulher, ao dar de cara com um amor antigo ou mesmo um desafeto depois de anos. Risada garantida!

Troy
Usarei as palavras da própria Maggie para falar sobre ele:

“O rosto comprido de Troy era dominado pelo seu nariz. Sua boca era um traço reto e discreto que não transimtia nada. mas a luz que refletia em sua pele morena e sua cabeça com o cabelo muito preto estava quase raspada, em estilo militar. Seus olhos, tinham, talvez, uma tonalidade castanha. Depois de uma sacada meio de lado, quando ele olhou na direção do bar, percebi que eram muito brilhantes e meio esverdeados.”

Nas minhas palavras, o cafajeste lindo que você não consegue se manter longe…

Contexto – Local onde a história se passa:

Los Angeles ficou mais conhecida no século XX onde tornou-se sinônimo de estrelas do cinema, foi uma época que bairros e subúrbios da cidade — Hollywood, Malibu, 
Santa Monica – entraram no imaginário popular após filmes começarem a serem lançados e filmados por lá. Do passado para cá, muitos dos estúdios se foram, mas a Los Angeles de hoje não dá o minímo sinal de que perdeu seu glamouor. O enredo de Maggie se passa nos bairros próximos do litoral onde há gente bonita, mansões, colinas e um desfile de carros de luxo e pessoas bronzeadas e absurdamente magras. Mais especificamente, Emily mora em Santa Monica.

Atributos Técnicos:
Eu comprei edição ecônomica por acaso… Eu comprei esse livro naquelas promoções de 5 livros por 50 reais do Submarino, hoje eles avisam qual edição é normal ou econômica, mas quando comprei não foi o caso. Sendo assim, em atributo técnicos deixa a desejar, a folha é mais fina e muito branca – como tenho astigmatismo isso me incomoda na hora de ler. Mas, todos os livros de edição normal da Marian são feitos com um material bom e facilitam a leitura! Eu não gosto de ediçnao ecônomica.

Concluindo:
Marian Keyes nunca me decepciona! Mal posso esperar para ler os próximos em minha estante. Se você quer uma leitura leve e bem mulherzinha, vem dar risada com a Marian 😉

Preços:
O preço do livro vária entre 15,00(edição econômica) à 60,00 – porém, o submarino sempre faz ofertas de livros e as vezes dá para conseguir mais barato. E também tem o Estante Virtual que reúne sebos do Brasil inteiro 🙂
Submarino
Saraiva
Estante Virtual
Livraria Cultura

Lista de Livros

  • Melancia (Watermelon) (2003)
  • Férias! (Rachel’s Holiday) (2004)
  • Sushi (Sushi for Beginners) (2004)
  • Casório?! (Lucy Sullivan is Getting Married) (2005)
  • É Agora… ou Nunca (Last Chance Saloon) (2006)
  • Los Angeles (Angels) (2007)
  • Um Best Seller pra Chamar de Meu (The Other Side of the Story) (2008)
  • Tem Alguém Aí? (Anybody Out There?) (2009)
  • Cheio de Charme (This Charming Man) (2010)
  • A Estrela Mais Brilhante do Céu (The Brightest Star in the Sky) (2011)
  • Chá de Sumiço (The Mistery of Mercy Close) (2013)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *