Meu tratamento de Acne parte 2: Vitacid – A vida sem anticoncepcional

Recapitulando a parte 1 do meu tratamento de Acne:
Já contei por aqui sobre o meu tratamento com o Tetralysal 300 mg depois que parei de tomar anticoncepcional e a acne explodiu. Fiz o tratamento do outro post por 2 meses, 28 dias tomando o Tetralysal e o resto utilizando ácido Epiduo, o removedor de manchas Avene TriAcnéal e o sabonete da actine, sem esquecer de sempre utilizar o protetor solar e reaplicar direitinho – quando você está em um tratamento dermatológico, o protetor solar é sempre o seu melhor amigo! Eu uso o protetor solar Anthelios Airlicium com cor FPS 70 Antioliosidade da La Roche-Posay, me dei super bem com ele.

Depois fiquei mais 2 meses só utilizando mesmo o sabonete e o protetor solar, porque demorei pra retornar ao dermatologista e sei que não é legal usar ácidos sem supervisão de um médico #ficadica, nesse período mudei de médica porque a que me atendeu primeiro tinha uma agenda complicada e nunca dava certo meus horários com o dela. Outro produto que utilizei nessa época e que eu vi uma mudança legal foi máscara facial de argila negra da Elemento Mineral, que é indicada pra pele oleosa, o pacote custa entre 15 – 20 reais e consegui aplicar 3x, quem me deu a dica foi a Sabrinah Giampá que é quem cuida do meu cabelo e tem várias dicas legais de cuidados com produtos naturais – a Sabrinah é autora do livro dos cachos que eu já mostrei por aqui!

Ai achei outra dermatologista pra chamar de minha! Ela disse que como os medicamentos que eu utilizei tinham funcionado bem, íamos continuar na mesma linha, me indicou uma limpeza de pele antes de começar com o novo ácido, me explicou que o processo das manchas seria longo, que vai levar mais ou menos um ano de tratamento até eu me livrar delas, posso acelerar um pouco com peeling, mas que no geral, é ter paciência mesmo.

Parte 2 : Vitacid + Removedor de manchas Avene TriAcnéal
Agora completei um mês utilizando o Suavicid hidroquinona + tretinoína + flucinolona acetonida – que também é conhecido como Vitacid, laboratórios diferentes, mas a mesma fórmula. Devo voltar no dermatologista no próximo mês, ai conto pra vocês quais serão as mudanças ou não no meu tratamento.

Abaixo as 3 fases: Quando iniciei o tratamento / Quando terminei o Tetralysal / Atualmente

Estou bem feliz com o resultado! Agora, depois de 5-6 meses de tratamento, e completando 1 ano sem anticoncepcional, eu me sinto muito eu mesma. Eu sentia falta da minha pele de quando eu tomava anticoncepcional e vê-la voltando ao normal vale a pena todos os gastos e chateações – até porquê minha pele era a única coisa que eu sentia falta da fase com anticoncepcional, a minha vida ficou MUITO melhor sem a pílula, mas isso eu conto em outro post 😉

8 thoughts on “Meu tratamento de Acne parte 2: Vitacid – A vida sem anticoncepcional

  1. Nossa, os resultados estão ótimos mesmo, parabéns! As cicatrizes são chatas, mas com o tempo vão amenizando com certeza.

    Estou entrando na terceira semana com o Tetralysal e clindamicina+adapaleno gel, minha pele tinha piorada na primeira semana, mas agora já está melhorando, está bem menos oleosa. O problema ainda são as espinhas internas que continuam demorando para desinchar, mas o aspecto está bem melhor.

    Boa sorte no tratamento, tudo de bom!

  2. Oi Steh!!

    Tudo bem ??
    Estou sofrendo com a acne pós parar o anticoncepcional. Você poderia indicar a dermatologista que você foi ? Todos os que eu vou me indicam voltar a tomar anticoncepcional e eu não quero!
    Sua pele está mara!!!

    Beijos e obrigada

    1. Oi Livia, tudo bem? Passei por duas dermatologistas! 1) Dra. Adriana Martins Basso – no Dr Consulta da Unidade próxima ao Metrô Santana e 2) Dra. Fernanda Bertanha da Dermafoco que fica na Alameda Campinas perto do Trianon Masp! Espero ter ajudado se você for de SP!

      Beijos,

  3. Oi Steh, tudo bem? Nossa, sua pele está ótima! Você chegou a fazer o ciclo com a espironolactona? Minha dermato passou ele juntamente com o tetralysal por 60 dias, mas só vou começar o tratamento na próxima semana…
    beijos

    1. Oi Isis, tudo e com você? Minha gineco indicou também o espironolactona, mas eu não me dei bem com ele, me senti muito enjoada! Ai acabei desistindo depois de uma semana.

  4. Oi Steh, tudo bem? Sua pele está ótima!!!! Estou exatamente com mesmo problema que vc, quero parar a pílula, e os dois meses de teste que parei pularam as espinhas! Que pânico, voltei a minha adolescencia!! Minha dermato receitou o tretralyzal a principio por 28 dias (além dos ácidos alternados, protetor solar e lavar 2xpor dia, basicamente a mesma coisa que vc fez mais com outros ácidos). Estou relutante pois o uso por 28 dias é uns R$200 (só o tretalyzal fora os outros que também são uma grana), meu receio é tomar 30 dias e tudo voltar. Vc não fez mais uso de remédios via oral? O que vc achou que foi a maior diferença para sua pele? Obrigada por compartilhar sua experiência!

    1. Oi Ana, tudo bem e com você?
      Na parte 1 eu conto minha experiência com o Tetralysal, eu tomei ele por 28 dias também e tinha a mesma dúvida que você… não foi barato, foi um tratamento caro, mas resolveu muito! Eu tomei só esses 28 dias e não precisei tomar mais. O Tetralysal foi fundamental no meu tratamento, mas ouvi muitos relatos de gente que não se deu bem com o remédio, infelizmente, é sorte! Acho que tudo foi um conjunto, hoje em dia, meu problema é com as manchas que ficaram. Tem sido SUPER difícil me livrar dela, minha dermato disse que demoram de um ano para mais, continuo usando o tryacneal e sabonete contra oleosidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *