O Estranho (vol. 1 – Trilogia Apenas uma noite)

Capa_O estranho.indd
Autor: Kyra Davis
Título Original: The Stranger (Just One Night, #1.1)
Editora: Editora Suma de Letras
Nota: 4

Sinopse: Kasie Fitzgerald sabe quem deve ser. Responsável. Confiável. Previsível. Ela é uma ambiciosa workaholic, fiel ao homem com quem pretende se casar. Mas uma noite selvagem e impulsiva, em Las Vegas, vai despertá-la para novas experiências… Tentando a sorte em uma mesa de vinte e um, Kasie conhece ele. Intenso. Sensual. Perigoso. Ela aceita seu convite para um drinque… e depois para o quarto. Ela não sabe o nome dele. Mas nunca vai se esquecer do sexo. Forte. Excitante. Explosivo.

Nota

Atributo Nota
Capa 5
Enredo 4
Escrita 4
Personagens 4
Final 3
Classificação geral 4

Antes de ler O estranho, eu li um outro livro no mesmo genêro que acabou me decepcionando muito porque tinha muitas páginas e enrolou demais, no entanto, O estranho tinha exatamente aquilo que eu procurava em um livro fino, direito e muito sensual.

Apesar do clichê da mulher certinha que tem um momento de explosão que muda tudo, Kyra Davis conseguiu deixar a personagem interessante e coerente, sem muito mimi. Kasie é uma mulher extremamente focada em seus objetivos, objetivos esses que ela não sabe bem quando decidiu, a família e a vida acabou por impor esses objetivos e limites onde ela vive, mas ela tem essa amiga que coloca a pulguinha atrás da orelha e era só o que precisava.

O primeiro questionamento do livro é esse: Até que ponto a sua vida é aquilo que você decidiu viver ou é feita daquilo que você quer que os outros aprovem e pensem bem de você? Existe uma diferença enorme, a partir do momento que você se importa mais com o que vão pensar e como o seu estilo de vida impacta aqueles que você ama, existem renúncias.

o estranho resenha apenas uma noite 2
Simone, melhor amiga de Kasie, decide que antes que a amiga se case, ela precisa de uma aventura, uma despedida da solteirice sem grande alarde para aqueles que conhecem Kasie, então ela dá de presente um final de semana em Las Vegas onde ninguém conhece as duas e elas podem fazer o que quiserem. No ínicio, Simone não acredita que Kasie vá aprontar algo, ela só quer tirar sua amiga do habitat que ela está acostumada, mudar um pouco como ela se veste e seu jeito apenas por uma noite.
Contrariando todas as expectativas, Kasie topa o desafio, vai até o fim e pior que tudo… gosta! E o perigo está sempre aí né? haha quando você questiona algo só para tirar a prova e acaba percebendo que prefere aquilo. No ínicio, essa sensação é inofensiva, ela não sabe o nome e nenhuma informação sobre O estranho com quem se envolveu.
o estranho resenha apenas uma noite
Mas, ao contrário de Kasie, o Sr. Dade não vai desistir tão fácil, uma vez, que ele também gostou daquela mulher que não se sentia confortável na roupa apertada e saltos altíssimos, havia algo nela que queria se libertar e que ele conseguiu enxergar naquela noite, aproveitando um descuido de Kasie ele a encontra e aí que tudo começa. Kasie precisa decidir entre a segurança de sua vida ou o desconhecido e emocionante que lhe é oferecido.
Eu gostei do fato de como a Kasie lidou com esse dilema moral, ela nunca pensou que seria capaz daquelas coisas, mas de repente tudo parece tão certo mesmo que errado, junto com seu estranho Kasie descobre uma versão de si mesma que estava ali escondida e com medo de sair. Eu nunca sou a favor de personagens que traem, mas de alguma forma eu fiquei ali torcendo para que a Kasie resolvesse logo tudo e fosse feliz.
O estranho é um livro sensual e cumpre tudo aquilo que promete, sem arrependimentos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *