O julgamento de Gabriel – Livro 02

o julgamento de gabriel
Autor: Sylvain Reynard
Título Original: Gabriel’s Rapture
Editora:  Editora Arqueiro

Essa resenha pode conter spoiler caso você não tenha lido O Inferno de Gabriel 

Sinopse:

Eles estão vivendo uma paixão arrebatadora. Mas muitas pessoas são contra esse amor. Gabriel Emerson e Julia Mitchell se conheceram há muito tempo, quando ela ainda era adolescente, numa noite mágica e confusa. Mas, apesar de todo o sentimento que nasceu entre eles, no dia seguinte seus caminhos se separaram. Anos depois eles se reencontraram quando Julia começou o mestrado na Universidade de Toronto. Gabriel era um professor enigmático, sedutor e muito arrogante que a atormentava e perseguia. No entanto, o que mais fazia Julia sofrer era ele não se lembrar dela. Mas nem mesmo o insensível Gabriel é capaz de resistir à profunda conexão que existe entre eles e logo os dois embarcam numa tórrida paixão proibida. Com o fim do semestre e do curso ministrado por Gabriel, eles deixam de ser professor e aluna e enfim estão livres para viver seu amor. Ou pelo menos era o que pensavam. Após uma viagem romântica para a Itália, durante a qual Gabriel ensina a Julia todos os mistérios do prazer e, em troca, aprende com ela o significado do amor verdadeiro, os dois veem seus sonhos ameaçados. Duas denúncias junto ao Comitê Disciplinar da Universidade põem em risco o emprego de Gabriel e a carreira brilhante e promissora de Julia. Será que o professor vai ceder às ameaças ou irá lutar até o fim por sua amada? Será que essa paixão conseguirá resistir a um julgamento implacável? Na apaixonante sequência de “O inferno de Gabriel”, Sylvain Reynard constrói uma bela história de amor, da qual os leitores jamais se esquecerão.

Resenha: Depois de ler O Inferno de Gabriel, eu fiquei louca para ler o livro seguinte, estava curiosa para saber o que aconteceria com Julia e Gabriel, eles eram um casal que me inspirava muito então logo estava lendo o próximo livro. Depois de sofrerem para ficar juntos e se entenderem, finalmente, os dois tem um tempo juntos e Gabriel pode ensinar a Julia a arte do amor, o livro é recheado de cenas românticas e sensuais.

Confesso que me decepcionei um tanto com o livro, o enredo do livro enrolou demais, demais mesmo, algumas páginas eu li bem por cima porque queria ir logo ao momento da “ação”, então achei esse volume mais cansativo que o anterior. Apesar da leitura valer a pena.

Os traços que me fizeram amar o primeiro livro continuam presentes neste daqui, a autora se preocupou muito em estudar Dante com rigor e isso reflete no cenário pintado por ela. E sem dúvidas eu nunca quis tanto viajar para a Itália como agora – ou ter um amante que fale italiano, afinal, impossível não deixar-se seduzir nem que seja um pouquinho por Gabriel.

Nesse segundo livro da Trilogia de Sylvain Reynard podemos nos deparar com um outro tipo de questionamento a cerca de relacionamento, nem tudo são rosas, o quanto é necessário força de vontade para ficar juntos e muitas vezes abrir mão da sua vontade perante o bem estar do outro.

Uma vez, me disseram que, um relacionamento é sobre a outra pessoa e não sobre você, e é isso que vemos neste livro. Li o livro até o fim e não me arrependo, se você gosta de amores calmos e profundos, você vai amar e vai conseguir passar pelo fato de algumas partes tornarem-se lentas demais.

Estou ansiosa pela redenção de Gabriel ! E você, já leu?

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *