Resenha: Obsidiana – Livro 1| Saga Lux

resenha obsidiana saga lux editora valentina
Autor: Jennifer L. Armentrout
Título Original: Obsidian (Lux #1)
Editora: Editora Valentina
Nota: 4,8

Sinopse: Começar de novo é um saco. Quando a gente se mudou para o interior, bem no início do último ano do colégio, eu já vinha me preparando para o sotaque caipira, o tédio, a internet lenta e um monte de chatices… Até dar de cara com o meu vizinho gato, alto de dar tontura e com intimidantes olhos verdes. Hummm… os prognósticos estavam melhorando. Até que… ele abriu a boca. Daemon é irritante. Arrogante. Dá vontade de matar. A gente não se dá bem. Não mesmo. Mas, quando um caminhão quase me transforma em panqueca, o garoto literalmente congela o tempo com um aceno de mão e aí, bom, algo inesperado acontece.

Atributo Nota
Capa 5
Enredo 4,5
Escrita 4,5
Personagens 5
Final 5
Classificação geral 4,8

Resenha:  Eu vou começar a resenha dizendo que rolou um química tão forte entre eu e Obsidiana que eu comecei a ler o livro as 22h e só parei as 3h no capítulo 24, isso já diz um pouco sobre a minha opinião sobre o livro. Ano passado, quando apresentei com outras blogueiras a retrospectiva da Editora Valentina, percebi que todos os participantes estavam ALUCINADOS com qualquer notícia que aparecia da Saga Lux e eu fiquei super curiosa, no evento chegaram a comparar com outras Sagas, mas após ler, posso dizer que o livro é diferente de outros livros de romance que eu li de humana adolescente x criatura sobrenatural.

obsidiana editora valentinaComo personagem principal temos Katy, uma garota que acabou de se mudar da ensolarada Flórida para uma cidadezinha no meio do nada, ela e sua mãe ainda estão se refazendo da perda do pai que aconteceu 3 anos antes. Em sua primeira semana na nova cidade, ela conhece seu vizinho, Daemon Black, que apesar de ter a aparência de um Deus grego, é absurdamente grosso, faz questão de ser cretino e tira o maior sarro de Katy, deixando-a enfurecida. Ao contrário do irmão gêmeio, Dee recebe a nova vizinha cheia de empolgação – até demais, pensa em uma pessoa ligava no 220v, logo Katy percebe que apesar da garota parecer carente de amigos é uma ótima companhia.

Katy tem um detalhe todo especial: ela é blogueira e youtuber literária, legal né?! No livro ela cita vários tipos de posts e vídeos, isso deu um toque super divertido para o enredo, mas a personagem é muito mais do que isso e eu ADOREI a construção dela! No ínicio achei que ela seria como todas as outras adolescentes que se apaixonam por um ser sobrenatural dos outros livros, mas ela me surpreendeu, personalidade forte, inteligente e não leva desaforo do cara só porque ele é gostoso (ou a santíssima trindade do boy magia – só lendo para entender!).

Ao passar do tempo a nossa blogueira começa a perceber coisas estranhas nos irmãos Black, ela tenta não ligar, mas é inevitável ignorar o fato de que coisas estranhas acontecem na presença dos dois. Porém, só um acidente irá relevar o que, realmente, os irmãos guardam e Katy precisará decidir se quer ou não continuar por perto. Katy terá que lidar com o fato de que a expressão “esse cara é de outro planeta” faz muito sentindo no caso de Daemon, que na verdade é um ser iluminado de outra galáxia!

obsidiana editora valentinaA relação de Daemon e Katy é bem conturbada e os dois brigam o tempo inteiro, ambos sabem que existe uma tensão ali, mas se recusam a ceder! Eu gostei do fato de que eles levam tempo para se conhecerem, vivem trocando farpas, não confiam um no outro e que tudo acontece com calma e são os detalhes do dia a dia que vão fazendo com que eles se aproximem.

resenha romance com alienigena obsidiana editora 2 valentinaA Editora Valentina sempre capricha muito no design e diagramaçnao de seus livros, com Obsidiana não foi diferente. As páginas são amareladas, bom tamanho e espaçamento de fonte, no ínicio de cada capítulo temos um paragráfo com formatação especial, a capa possui impressão especial no título do livro fazendo com que ele fique brilhante, a única coisa que me incomodou foi a escolha do casal da capa, porque a Katy é descrita como uma garota curvilínea e não achei que garota da capa combina com a descrição.

resenha 3 romance com alienigena obsidiana editora valentina

0 thoughts on “Resenha: Obsidiana – Livro 1| Saga Lux

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *