Os príncipes encantados também viram sapos

Os-príncipes-encantados-também-viram-sapos
Autor: Megan Maxwell
Título Original: Los príncipes azules también destiñen
Editora: Editora Suma de Letras
Nota: 3,4

Sinopse: Kate e Sam se conheceram muito jovens, durante férias de verão na Califórnia, e se apaixonaram à primeira vista. O amor entre eles supera o tempo e a distância e, ao terminarem a faculdade, ele a pede em casamento. Os anos se passam e o casal parece ter construído a vida perfeita: eles têm uma carreira de sucesso, duas filhas lindas e ainda são apaixonados. Sam, que cresceu em um orfanato, conseguiu com Kate tudo o que sempre quis: uma grande família.
Até que um telefonema muda tudo…
Megan Maxwell, autora da série best-seller Peça-me o que quiser, conta uma história sobre amor, infidelidade e segundas chances.

Atributo Nota
Capa 5
Enredo 4
Escrita 2
Personagens 3
Final 3
Classificação geral 3,4

Quando vi que existia um novo lançamento da Megan Maxwell fiquei toda empolgada, depois de ler Surpreenda-me e Vai Sonhando! eu comecei a esperar os novos lançamento, mas para minha surpresa, Megan mudou completamente seu estilo nessa nova obra!

Sam e Kate se apaixonaram bem jovens e desde que se encontraram, não conseguiram mais se largar! Ele desistiu da sua vida tranquila no Havaí para mudar-se com ela para Nova Iorque, sempre foi um marido dedicado, um pai exemplar, genro e cunhado, completando a vida e a família dela em todos os sentidos… Mas, o casamento que parece perfeito aos olhos de todos, guarda segredos e feridas que podem destruir todo o alicerce construído durante anos. No outro lado temos Michael, irmão de Sam, que é perdidamente enloquecido por Terry, irmã de Kate, mas ambos vivem com essa tensão amorosa há anos, nenhum dos dois deseja se arriscar e deixam de viver uma história porque têm medo. Quem nunca, né?

resenha os principes viram sapo megan maxwell

Em Os príncipes encantados também viram sapos, Megan mostra um tipo de romance que não estamos tão habituados a ler, aquele amor que é maduro, construído com anos e anos de companheirismo, o amor que continua existindo mesmo depois do casal cometer erros que parecem ser imperdoáveis aos olhos das pessoas de fora. A autora toca muito na tecla de que muitas vezes, nós, deixamos a nossa felicidade de lado não por não conseguirmos conviver com o erro do outro, mas pela preocupação sobre o que os outros vão pensar de nós. O amor muitas vezes exige sacríficios e cabe á nós decidir o que vale ou não a pena. Gostei mesmo de ver essa discussão dentro de um livro, sempre estamos lendo sobre amores e casais perfeitos, mas sabemos que isso não existe da mesma forma da vida real.

– A felicidade é uma utopia que só poucas pessoas conseguem manter. O que eu acredito é que existem momentos felizes.

Esse quote do livro é uma frase que eu sorri ao ler porque a minha mãe me diz isso o tempo inteiro! Acho que é um pensamento que a maturidade acaba trazendo para vida. Essas histórias de amor são contadas em um cenário lindíssimo, ilhas havaianas, e durante a trama diversas tradições e curiosidades sobre o local são relevadas e isso faz com que a gente se sinta mais próxima do cenário. Mas, se você gostou das dezenas de cenas quentes e super detalhadas dos outros livros da autora, não se iluda, o livro tem poucas cenas e elas são bem rápidas, sem muitos detalhes.

resenha os principes tb viram sapos megan masxwell suma de letras

O enredo tem uma proposta super legal e foi isso que me levou até o final da leitura, porém , infelizmente, a escrita não me agradou! Nos outros livros eu me vi super envolvida nas tramas da Megan, mas, eu senti que nesse livro ela soltou o freio de mão e tudo dentro da história aconteceu muito rápido, eu senti que ela quis mostrar diversos momentos da vida dos personagens, mas acabou se enrolando, gostei mais em quando em livros anteriores ela mostrava o passado dentro da memória dos personagens e ia soltando informações aos poucos. Os personagens apesar de terem sentimentos muito complexos, foram apresentados de uma forma superficial, não consegui me sentir ligada á nenhum deles, gostei muito da premissa, mas estranhei a escrita, até porque eu gostei dos outros livros da Megan. E o fato de não gostar da escrita nem tem ligação com a falta de cenas eróticas, que eu conheço como a marca da autora, foi a forma de escrever mesmo que não me fez engajar. Mas, ainda assim, a leitura vale a pena, só diminua suas expectativas que tudo vai dar certo, até porque não é sempre que temos a chance de ler um livro onde os personagens principais erram e não necessariamente tem ódio um do outro.

resenha megan maxwell os principes tambem viram sapos

Uma curiosidade bem legal é que a música de um casal é brasileira, legal né?! Desafinado de Tom Jobim, achei super legal quando li isso no livro, fico sempre muito feliz quando autores de fora reconhecem a nossa cultura. E aliás, nos Estados Unidos, quando eu viajei, ouvi em diversas lojas e restaurantes MPB tocando 😉

0 thoughts on “Os príncipes encantados também viram sapos

  1. Ainda não li nada da Megan Maxwell, então nem posso me empolgar como você por causa disso rs.
    Ainda não havia lido resenha sobre o livro, então fiquei bem interessada após ler sua opinião. Não sabia que se tratava dessa parte do relacionamento, mais maduro, onde as vezes importa o que os outros acham e isso atrapalha a felicidade do casal. Como você disse, a proposta do enredo foi o que me atraiu, mas desanimei um pouco com escrita.
    Hahaha adorei as fotos e a referente ao Havaí rs.
    Se tiver a oportunidade, pode ser que eu dê uma chance, já que ainda não li nada da autora.

    Bjs,
    Andresa
    http://leiturasefofuras.blogspot.com/

  2. Oii!

    Acho que a MPB é muito conhecida lá fora, pelo menos todos os gringos sempre falam sobre ela.

    Não li nada da autora então não sei o que esperar. tenho uma amiga que curtiu Vai Sonhando! Já até deixei anotado para leitura. Não sabia desse livro mas já deixei anotado para não ler tão cedo.
    Uma pena que suas expectativas não tenham sido surpreendido. Gostei da sua sinceridade!

    Beijinhos,
    http://www.entrechocolatesemusicas.com

  3. Oi Stephanie. Nunca li nada da Megan porque sempre tive a impressão de que os livros dela fossem só cenas de sexo e histórinhas clichê e isso não me chamou muito a atenção. Porém, ainda não conhecia esse livro dela, e o enredo chamou demais minha atenção. Fiquei bem curiosa para pode conhecer um pouco mais dessa história e com certeza vou querer ler ele em breve.
    Beijos
    Carol
    http://www.sobrvicioselivros.com

  4. Oi Stephanie, tudo bem? Adorei a sua resenha e que pena que não gostou tanto desse livro quanto dos outros da autora. Ainda não li nada dela, mas achei esse interessante… principalmente por mostrar já um casal maduro, que já passou por diversos conflitos e desentendimentos.

    É realmente muito bom quando as pessoas de foram reconhecem os talentos que o Brasil tem, e é verdade, a MPB é bem reconhecida lá fora, e tem alguns sertanejos universitários que estão bem reconhecidos também.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima

  5. Oi Stephanie, não conhecia esse livro da autora e apesar dos pontos negativos que você ressaltou acredito que não teria problema com ele, justamente por nunca ter nenhum outro livro dela e por não curtir histórias com uma pegada muito hot. contudo parece que a autora se perdeu um pouquinho na narração e isso acaba prejudicando. de qualquer forma acho que não leria, não por agora ao menos!

  6. Ola lindona eu confesso que sou sempre fico com pé atrás com essa autora devido a sua trilogia que não gostei . Lendo sua resenha sobre a escrita estra rápida demais já me incomodou, pois sempre fica algum fio solto em histórias corridas. Dessa vez vou deixar passar a leitura. beijos

    Joyce
    http://www.livrosencantos.com

  7. Tem Tom Jobim no livro??? *-* Já curti! rs
    Não li nada da autora, mas tinha ouvido críticas a Vai Sonhando. Gosto de hot, isso não seria problema, mas uma escrita que não envolve sim. O lance do final não ser feliz me incomoda porque sou romântica, mas entendo que faz parte da história e aceito de boa. O título foi a primeira coisa que me chamou a atenção. Talvez eu venha a ler, mas não tô tão animada mais.
    Beijinhos!
    Giulia – http://www.prazermechamolivro.com

  8. Oi, Steh! Nunca li nada da Megan, então, não teria como comparar a escrita dela com outras obras, mas já estou acostumada a ouvir falar (muito bem) dos livros que essa autora publica e espero poder dar uma oportunidade a ela, muito em breve. Gostei da sua observação na resenha, da história ter sido escrita, na sua opinião, de forma corrida. Alguns autores tentam mesmo colocar muita informação num curto espaço de tempo e o leitor acaba ficando com a sensação que tudo se torna muito superficial. Assim que eu der uma lida nesse livro (adorei o título, super criativo), te falo se pensei a mesma coisa que você ao lê-lo. 😉

    Beijos!
    http://www.cantaremverso.com

  9. Olá, tudo bem?

    Apesar de todos os elogios e argumentos em favor da obra, esse não é meu estilo literário favorito, pois já estou saturado de livros que abordam relações familiares e tudo mais. Acho que porque trabalho nessa área, então já viu né?! O fato de não ter cenas eróticas foi um ponto a favor, bem como a relação madura apresentada, mas não foi o suficiente para me fazer conferir a obra. Vou deixar essa dica passar dessa vez 😉

    Abraços,
    Matheus Braga
    Vida de Leitor – http://vidadeleitor.blogspot.com.br/

  10. Olá… tudo bem??
    Não li nada da autora ainda… na verdade os livros dela não me chamam muito atenção… já li livros eróticos, mas eles tem que me alcançar… eu dei de presente o primeiro liro da série Peça-me o que quiser e minha amiga amou o livro… ficou completamente apaixonada e já vai comprar o próximo… é questão de gosto mesmo… pra mim foi uma honra… porque eu a incentivei para leitura… quanto ao livro resenhado… ele não me chamou atenção… não gostei do título e nem curti o enredo proposto… xero!

  11. Olá, tudo bom?
    Nossa, eu nunca tinha visto nada sobre a autora e nem sobre os seus livros. Mas mesmo assim eu achei a premissa do livro muito interessante. E o título também chamou muito minha atenção. Uma pena que a escrita dela não foi de seu interesse :/ É ruim quando temos uma história tão boa, mas a escrita não nos prende :/
    As fotos que você tirou do livro estão lindas *-*
    ahahhaah
    Fiquei bem interessada no livro :3
    Gostei da premissa dele.
    bjs
    http://www.horadaleitur.blogspot.com.br

  12. Olá, tudo bem?
    Eu não tinha ouvido falar da obra, parece ser muito interessante para os fãs do gênero. O que não é o meu caso… eu não sou muito fã de histórias que abordam essas temáticas.
    Não é preconceito, nem nada, só não curto. Parabéns pela resenha /

  13. Ah, sempre ouvi elogios à escrita da autora, mas evitei ler porque não sou chegada em hot. Aí você fez minha felicidade ao dizer que nesse livro as cenas são poucas e sem muitos detalhes. Pronto, chegou minha hora de ler algo dela! Pena que você achou que as coisas aconteceram muito rápido e estranhou a escrita, mas vou ler mesmo assim.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

  14. Oi Steh, sua linda, tudo bem
    Eu gosto tanto desse título. Ele é tão verdadeiro. As vezes ele realmente é um príncipe e depois se transforma em sapo. Mas as vezes, ele só se faz de príncipe, ou nós o idealizamos como príncipe e depois descobrirmos que nunca passou de um sapo. Adoro essa discussão, tenho certeza de que irei gostar da história. Pena que a narrativa não envolveu tanto.
    Sua resenha ficou ótima.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *