Resenha: Para Continuar – Felipe Colbert

capa_para_continuar
Autor: Felipe Colbert
Título Original: Para Continuar
Editora: Editora Novo Conceito
Nota: 4

Sinopse: Envolver-se com a jovem Ayako é a oportunidade perfeita para Leonardo César esquecer a sua vida tediosa e perigosamente limitada, tudo por culpa do seu coração defeituoso. Enquanto isso, com a ajuda de seu avô, Ayako tem a difícil missão de manter inacessível um porão de dimensões que vão além da loja de luminárias que ela gerencia, repleto de milhares de lanternas orientais, cujo mistério envolve os habitantes do bairro da Liberdade. A partir dos crescentes encontros entre Leonardo e Ayako, uma nova lanterna surgirá para os dois. Eles terão que protegê-la com afinco, ou tudo que construíram juntos poderá desaparecer a qualquer momento. O que ninguém conseguiria prever é que Ho, um jovem chinês também apaixonado por Ayako, colocaria em risco o futuro desse objeto. E com ele, o sentimento mais importante que dois seres humanos já experimentaram.

Atributo Nota
Capa 5
Enredo 3,5
Escrita 4
Personagens 4
Final 4
Classificação geral 4,1

Resenha: Logo de cara eu gostei de uma característica do livro: o cenário é São paulo! Eu amo a minha cidade e é sempre bom ler um livro onde ela é retratada, reconhecer os lugares citados no livro, e o Felipe fala muito sobre o metrô, que faz parte do meu dia a dia – inclusive, grande parte do livro eu li no metrô! Além disso, um dos personagens principais, o Leo, é estudante de Design (eu sou formada em design, para quem não sabe) e várias características nele eu me identifiquei.

resenha para continuar felipe colbert

Leo é um rapaz superprotegido pelos pais, apesar de já ser um jovem adulto, ele sofre de uma doença cardíaca que o deixa super frágil e por consequência faz com que seus pais não larguem do seu pé! Pois bem, é em dia normal em sua rotina que não tem nada de especial, que Leo está no metrô e vê Ayko, ele não consegue tirar os olho dela (quem nunca encontrou alguém lindo no metrô, né?) ,mas ao contrário da maioria que simplesmente vê a pessoa e deixa para lá, Leo decide dar uma de starkler na vida real e segue a Ayko depois que ela desce na estação Liberdade. Grande parte da história se passa nesse bairro icônico de São paulo, que é referência da cultura oriental.

Ayko é uma jovem um tanto misteriosa, ela perdeu os pais e mora com o avó que possuí uma loja de artigos chineses – essa loja é cenário de um grande segredo da personagem, e ela deixa tanto Leo quanto nós, leitores, intrigados pelos seus segredos. Eu fiquei um pouco incomodada com a persistência do Leo, em alguns momentos pareceu um pouco forçado esse amor a primeira vista que ele sente pela Ayko.

oto: flickr Marcelo Tesseroli
Na Liberdade até a iluminação das ruas é temática! Foto: flickr Marcelo Tesseroli

Toda a premissa do livro me conquistou nos primeiros capítulos, mas, do meio para frente o livro não conseguiu me manter interessada, principalmente, porque meu interesse pela cultura oriental é nulo, eu não tenho nenhuma curiosidade em saber mais sobre a cultura chinesa e isso me desanimou já que é um ponto alto do livro, para quem gosta é um livro incrível, mas para quem como eu, não se interessa, se torna cansativo ficar lendo tantos detalhes sobre, até porque a escrita do Felipe é bem detalhista. Então, justifico que a nota total do livro foi bem avariada por causa disso, e é algo bem pessoal, não deixem ser influenciado por isso, se você gosta, vá em frente,ok ?

resenha para continuarNo geral, Para continuar é um romance com pitadas de fantasia e supertição, apesar de os personagens principais contarem uma história de amor e a busca pelo próprio final feliz, a trama é cercada por conceitos de amizade e confiança.

0 thoughts on “Resenha: Para Continuar – Felipe Colbert

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *