Resenha: Sonhei que amava você – Tammy Luciano

resenha romance sonhei que amava você tammy luciano
Autor: Tammy Luciano
Título Original: Sonhei que amava você
Editora: Editora Valentina
Nota: 4,5

Sinopse: Kira, uma garota divertida, generosa e de marcantes cabelos longos, está vivendo um momento único aos 22 anos – ela abriu seu próprio negócio junto com a melhor amiga. É então que, inesperadamente, ela começa a ter suas noites transformadas em poesia e êxtase quando um rapaz desconhecido surge em sua vida. Mas com um detalhe importante – os dois passam a ter um encontro marcado… em seus sonhos. A cada dia, esses momentos secretos ficam mais intensos, apaixonantes e repletos de mistérios. Ela tenta não se entregar, mas a paixão só aumenta, e quando um acidente de carro a leva de encontro ao rapaz de seus sonhos, o mundo a fará entender como nem tudo tem explicação, mas sempre tem um motivo. Mas conhecê-lo no mundo real não será uma tarefa das mais fáceis. Para ter sua tranquilidade de volta e desvendar o que existe por trás deste misterioso encontro, Kira terá que percorrer caminhos difíceis, repletos de obstáculos e barreiras. Ela só tem uma coisa em que acreditar – a vida, quase sempre, reserva o melhor para o final. Uma história cativante e marcante, repleta de desafios, enigmas e perguntas a serem respondidas. Um convite para dar asas à imaginação e aquecer o coração, nos fazendo refletir – pode um grande amor existir somente enquanto sonhamos?

Atributo Nota
Capa 5
Enredo 4
Escrita 4
Personagens 4
Final 4
Classificação geral 4,2

Resenha:  Quem foi a blogueira que disse que tava cansada de romances, mas que achou um romance bem diferente do que estava lendo? hahaha! Sonhei que amava você foi um desses livros que eu comecei desconfiada com o enredo, mas que acabou se tornando uma surpresa boa. Kira é uma personagem que eu admirei muito, a maturidade dela aos 22 anos, na verdade, é um tanto quanto fora da curva. Eu tenho 23 anos e posso assegurar que mesmo nos meus dias mais controlados eu não tenho a maturidade dela hahaah! Mas, isso foi legal para história, não temos no livro da Tammy uma personagem descontrolada, capaz de qualquer coisa por um homem – que é uma das caracterísitcas que andava me chateando nos romances que eu lia, essa falta de personalidade de personagens femininas.

romance sonhei que amava voce tammy luciano
Me identifiquei muito com a Kira, talvez, esse seja o motivo de ter gostado mais ainda do livro, a personagem tem 22 anos, tem uma loja super charmosa com a sua melhor amiga, uma família bem estruturada e carinhosa, é super independente, segura e desencanada da vida, ela nunca namorou, nunca se apaixonou e apesar de sentir falta disso, não se desespera, sabe? Ela até se sente curiosa para viver isso, mas não se sente diminuída ou em crise de desespero – ponto máximo pra Kira! Kira tem uma vida bem corrida e sem muita agitação, até que ela começa a ter sonhos com um rapaz, ela nunca o viu na vida, mas não consegue parar de sonhar e cada vez mais esse rapaz desperta a sua curiosidade e faz com que ela durma muitas horas por dia! Assim, Kira terá que descobrir quem é esse rapaz e o porquê ele tanto aparece em seus sonhos.

E sabem o mais louco? Quando eu era adolescente passei meses sonhando com um rapaz que eu nunca vi na vida também, nunca o vi na vida real, hoje se visse não reconheceria, li na orelha a autora Patrícia Barbosa dizendo que também passou por isso, será que algo de adolescente? Você aí, já passou por algo parecido?

romance sonhei que amava você

O livro intercala entre momentos mais leves e outros mais densos, no geral, consegue inovar dentro de um gênero que tende a muitos clichês, apesar de o final não ter me surpreendido, foi uma leitura prazerosa! A única coisa que eu senti falta foi uma explicação sobre os sonhos da Kira, ela tem vários tipos de sonhos durante o enredo se mostrando sensitiva, mas nenhuma explicação foi dada, simplesmente joga pro Universo e aceita que dói menos haha.

A linguagem foi algo que eu estranhei, com certeza, os leitores cariocas vão se ver nesse livro e se identificar muito! Eu não entendia algumas gírias, algumas formas mesmo dos personagens falarem, isso não influência na qualidade da escrita, só da veracidade aos personagens em relação ao local onde eles moram, só quero pontuar porque foi uma experiência diferente, mesmo quando eu li livros que continham personagens cariocas, eu nunca vi cariocas tão legítimos, se isso faz sentido para vocês. haha

Editora Valentina como sempre arrasando na diagramação e design do livro. A capa é linda, por dentro ela é feita de um papel brilhante cor de rosa <3 Cada novo capítulo tem um versinho e o título todo trabalhado com corações, o tamanho da fonte e as páginas amareladas colaboram para uma leitura confortável aos olhos – o que tornou a missão de ler por horas super fácil!

Se você procura uma personagem forte, um romance fofo e fantasia, vai se apaixonar por Sonhei que amava você!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *