Seis anos depois

resenha seis anos depois harlan coben
Autor:  Harlan Coben
Título Original: Six Years
Editora: Arqueiro
Nota: 5
Adicione no Skoob | Compre

Sinopse:

Jake Fisher e Natalie Avery se conheceram no verão. Eles estavam em retiros diferentes, porém próximos um do outro. O dele era para escritores; o dela, para artistas. Eles se apaixonaram e, juntos, viveram os melhores meses de suas vidas. E foi por isso que Jake não entendeu quando Natalie decidiu romper com ele e se casar com Todd, um ex-namorado. No dia do casamento, ela pediu a Jake que os deixasse em paz e nunca mais voltasse a procurá-la. Jake tentou esconder seu coração partido dedicando-se integralmente à carreira de professor universitário e assim manteve sua promessa… durante seis anos. Ao ver o obituário de Todd, Jake não resiste e resolve se reaproximar de Natalie. No enterro, em vez de sua amada, encontra uma viúva diferente e logo descobre que o casamento de Natalie e Todd não passou de uma farsa. Agora ele está decidido a ir atrás dela, esteja onde estiver, mas não imagina os perigos que envolvem procurar uma pessoa que não quer ser encontrada. Em Seis Anos Depois Harlan Coben usa todo o seu talento para criar uma trama sensacional sobre um amor perdido e os segredos que ele esconde.

Notas

resenha eu te quero

Resenha:  Eu demorei demais para começar a ler Harlan Coben, já tinha visto os livros dele, obviamente, mas sabe aquela leitura que você vai deixando? Bom, agora posso dizer que nunca mais vou deixar Harlan Coben de lado! Faz muito tempo que eu não dava de cara com um livro de suspense tão bom! Harlan Coben conseguiu juntar romance, mistério e ação no mesmo livro e de forma magistral, leitura mais do que indicada.

harlan coben seis anos depois resenha opiniao indicacao

Há amores que nós nunca esquecemos, e esse é o caso de Jake, ele se apaixona perdidamente por Natalie em um retiro e acredita que o sentimento é recíproco, até que um belo dia sua amada diz que reencontrou seu ex-namorado, Todd, que perceberam quanto foram feitos um pro outro e ela dá um belo pé ba bunda de Jake – que não contente vai até o casamento da moça para ter certeza que ela está fazendo isso com ele!
“Em breve descobriria que Natalie possuía o que chamo de beleza lenta, do tipo que não se nota de primeira. Depois o atinge como um choque, cresce e fica mais bonita cada vez que você olha para ela. É difícil achar que ela seja qualquer coisa menos que estonteante.”
 No ínicio, Jake é apenas um homem que teve o coração partido, ele é professor universitário e em um retiro para escritores em crise (ele tentava sem sucesso terminar sua tese) ele conhece Natalie, mas a evolução do personagem é incrível e muito bem justificada, fazendo com que a gente se pergunte até onde um ser humano pode ir. Jake é um personagem determinado, engraçado, sarcástico e muito romântico, bem príncipe disposto a tudo por seu amor.

“Toda essa baboseira que as pessoas falam sobre dois corações batendo juntos, sobre o sol brilhar num dia nublado, sobre uma conexão que vai além do físico. De repente entendo isso tudo. Natalie e eu éramos assim. Não se pode mentir sobre essas coisas. Se existe algo errado num amor assim, nós sentimos. Houve momentos demais que me deixaram sem fôlego. Eu vivia esperando o sorriso dela. Quando olhava em seus olhos, podia ver que era pra sempre. Sabia disso quando a abraçava. Isso só acontece uma vez na vida, com sorte. Encontramos um lugar raro e especial, e, quando se tem essa sorte, lamentamos qualquer instante da vida em que não se está nesse lugar, porque parece um desperdício triste. Você sente pena das outras pessoas que porque elas nunca vão conhecer essas explosões contínuas de paixão. […] Não estávamos cegos de amor. Pelo contrário. O amor nos deixava de olhos bem abertos e foi por isso que ele nunca me deixou. “

harlan coben seis anos depois resenha opiniao indicacao 2
Após seis anos, Jake dá de cara com o obtuário de Todd, e aí que o livro começa de fato. Jake vai atrás de Natalie acreditando que agora que o outro morreu é a vez dele né? Mas, ele vai descobrir que nada do que ele pensava é realmente o que parece.
Ao lado de Jake, conhecemos Benedict, também professor universitário que está sempre ao lado de Jake, ele fica ao lado do amigo nas situações mais loucas e alguns dos dialogos mais engraçados do livro são entre os dois.
“Nós sempre nos apaixonamos pelas loucas – disse Benedict – Esse é o problema dos homens. Todos nós dizemos que detestamos drama, mas não é verdade.”
Outra personagem que não aparece muito, mas todas vezes que apareceu me fez sorrir e não esquecê-la, foi a Shanta, também faz parte do corpo de funcionários da universidade onde o Jake leciona, mas no passado teve conexões com o FBI.
– O coração não faz perguntas.
– O pau não faz perguntas – disse ela – O coração em geral é um pouquinho mais inteligente.

Estou encantada de verdade com o livro, tive que me controlar para não trazer o livro todo em citações para vocês hahaha! Eu não consegui ter rastros do que iria acontecer, a trama de desfez de uma forma que a cada momento eu me via levando susto e xingando personagens, Harlan destou meus nervos em cada capítulo! Eu tive muita dó do Jake pelas descobertas dele no ínicio, mas também fechei o livro muitas vezes com raiva chamando o Jake de burro, para qualquer mortal é difícil entender os sacríficios do amor.

A leitura é frenética, Harlan Coben te prende do ínicio ao fim!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *