A última música

a ultima musica resenha
Autor:  Nicholas Sparks
Título Original: The Last Song
Editora: Editora Novo Conceito
Nota: 4
Sinopse:

Mais uma vez Nicholas Sparks nos mostra por que é considerado o mestre do romance moderno e seus livros são adorados por leitores de todo o mundo. Seguindo a tradição de seus mais belos romances, ele agora nos apresenta uma comovente história sobre família, amizade, amor, amadurecimento e, especialmente, sobre como perdoar e recomeçar. Aos 17 anos, Verônica Miller, ou simplesmente Ronnie, vê sua vida virar de cabeça para baixo quando seus pais se divorciam e seu pai decide se mudar para a praia de Wrightsville, na Carolina do Norte. Três anos depois, ela continua magoada e distante dos pais, particularmente do pai. Entretanto, sua mãe decide que Ronnie e seus irmãos iriam passar as férias de verão com o pai na Carolina do Norte. Ele, por sua vez, ex-pianista, vive tranquilamente na cidade costeira, absorto na criação de uma obra de arte que será a peça central da igreja local. Ressentida e revoltada, Ronnie rejeita toda e qualquer tentativa de reaproximação do pai e ameaça voltar para Nova York antes de o verão acabar. É quando ela conhece Will, o garoto mais popular da cidade, e conforme vai baixando a guarda, apaixona-se profundamente por ele, abrindo-se aos poucos para uma experiência que lhe proporcionará imensa felicidade e dor, jamais sentidas.
Uma história inesquecível que nos fala sobre as várias dimensões do amor: o primeiro amor, o amadurecimento, a relação entre pais e filhos, o recomeço e o perdão. A última música demonstra, como só Nicholas Sparks consegue, como o amor é capaz de partir e curar o coração.

Resenha:

Quem me conhece sabe que eu adoro Nicholas Sparks, e você pode notar que há algumas resenhas de livros do mesmo autor por aqui.

Em A última Música nós acompanhamos a história de diversos personagens e seus dilemas em uma trama que se fecha e complementa de forma que é impossível largar o livro. Primeiro, acompanhamos o amadurecimento de Ronnie, uma adolescente que está na fase de encontrar a si mesma, reconhecer o primeiro amor e enxergar tudo de perspectivas diferentes, acompanhamos uma adolescente rebelde se tornando em uma jovem adulta bem resolvida.

Ao mesmo tempo, você irá descobrir e se emocionar com uma trama familiar que tenta se resolver, nessa trama o relacionamento em foco é o de pai e filha, entre Ronnie e Steve, como quase toda família que passa pela separação dos pais, os filhos se encontram confusos e tentam achar um culpado, que para Ronnie foi seu pai.  Steve pode não ter sido o pai perfeito e um tanto ausente na vida dos filhos, mas ele se mostra uma pessoa boa, amável e paciente, dando o tempo suficiente para que sua filha entenda por si mesma o que aconteceu entre os pais e tire suas próprias conclusões. Para quebrar essa tensão existe Jonah, o filho mais novo que se mostra uma criança divertida e muito inteligente!

E por último (não menos importante), você conhecera o homem dos sonhos, aquele que você adoraria apresentar para a sua família e poder chamar de seu. Eu me apaixonei pelo Will! Ele é tão carinhoso e fofo, assim como Ronnie está crescendo e descobrindo a si mesmo longe dos interesses e expectativas dos pais.

Se você procura um romance que irá tirar lágrimas e te fazer sentir parte da vida dos personagens o livro é perfeito. Se já viu o filme e gostou, sem dúvidas vai se apaixonar ainda mais pelo livro. Apenas não dei 5 estrelas porque o começo foi um pouco cansativo, até pegar de vez na trama do livro demorei um pouco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *