Meu tratamento de Acne com Tetralysal 300mg – A vida sem anticoncepcional

Olá, meus leitores lindos!
Agora em maio completam 8 meses que eu resolvi abandonar a pílula anticoncepcional, e acho que agora posso dividir com vocês as mudanças pelas quais estou passando e o lado bom e ruim, sei que muitas meninas estão pensando em tomar essa decisão.

Vou começar pelo o que mais acaba incomodando as mulheres e fazem a maioria desistir e voltar pra pílula: a acne. Não conheço, infelizmente, uma mulher que tenha parado de tomar anticoncepcional e não tenha tido um aumento na oleosidade da pele – e não só na pele. Não vou mentir, não é das decisões mais fáceis. Porém, apesar de ter ganhado espinhas, eu também parei de sentir dores de cabeça constantemente, nunca mais tive cãimbra noturna (que eu tinha pelo menos 3x por semana), minhas cólicas diminuíram entre outros benefícios – que eu conto em outro post para vocês!

A acne surgiu de um dia pro outro, de verdade, uma semana antes de eu menstruar meu rosto começou a pipocar de espinhas, a coçar absurdamente, esperei minha menstruação terminar para ver se melhoraria, mas não melhorou. Além de esteticamente ser feio, o que me levou a procurar uma dermatologista foi a coceira e dor, a acne estava bem inflamada e causava desconforto. Por isso, o primeiro medicamento a ser utilizado foi o Tetralysal 300mg.

A Primeira fase do tratamento foi com os  medicamentos para acne abaixo. Eu comprei todos os produtos em duas farmácias a Farmaconde (pessoalmente) e a Drogaria Onofre (online), os que eu comprei na Onofre eu utilize o Meliuz (se cadastra aqui e ganhe R$10 :D) que é uma plataforma que dá dinheiro de volta, economizei bastante com isso. 

– Antibiótico: Tetralysal 300mg – 28 cápsulas + Ulcerocin
Eu tomei uma cápsula por dia durante 28 dias do Tetralysal 300mg para proteger o meu estômago, porque o remédio é bem forte, a dermatologista me indicou o Ulcerocin que eu tomava a cada 12 horas.

– Ácido Epiduo  e Removedor de manchas Avene TriAcnéal 
Esses dois eu intercalo, cada noite aplico um, o uso deles vai ser durante 2 meses, eu ainda estou utilizando, no próximo post eu mostro para vocês a diferença.
O Epíduo é um ácido que descama a pele, antes de comprar eu vi muitas meninas falando super bem sobre ele, e o creme da Avene remove as manchas que ficam da acne e suaviza as imperfeições da pele.

– Sabonete Actine para pele oleosa em barra – Uso 2x ao dia
Eu preferi comprar em barra porque o aroma dele é mais leve, esse sabonete tem enxofre na composição e isso torna o aroma dele bem marcante, acho a versão em barra mais suave. Eu uso quando acordo para tirar os produtos que eu apliquei durante a noite e de noite antes de aplicar esses produtos.

– Protetor Solar Anthelios Airlicium com cor FPS 70 Antioliosidade da La Roche-Posay
Como a pele do rosto fica mega sensível durante o tratamento foi necessário colocar um protetor solar forte também, eu gosto bastante desse da La Roche, ele possuí cor e funciona como uma “base” – já que eu não tenho usado maquiagem durante o tratamento. O ruim dele é que essa “cor” é bem limitada, existem só 3 ou 4 opções, que acabam por deixar muitas mulheres na mão.

Valor dos produtos: Eu gastei por volta de R$400, não é um tratamento barato.
(Importante que você consulte um dermatologista, todos os medicamentos são vendidos com prescrição médica)

E se quiser economizar mais um pouco, indico se cadastrar no Meliuz, como disse acima!

Resultados do tratamento com Tetralysal 300mg semana a semana.

Confesso que eu esperava resultados melhores do Tetralysal 300mg até porque ele é um medicamento bem forte com alguns efeitos colaterais, o único que eu senti foi enjoo, mas tem muita gente que tem outros efeitos – na bula tem praticamente uma bíblia com o que pode acontecer. Mas, o que mais me incomodava foi embora, a coceira e dor, apesar de esteticamente ainda estar bem longe de como minha pele era, os sintomas que mais me incomodavam foram embora.

No fim desses 28 dias eu terminei o Tetralysal 300 mg, mas continuo utilizando os outros produtos da lista,  agora comecei um outro medicamento que a minha ginecologista passou, o Espironolactona – vou usar 30 dias e ver o resultado.

Assim que completar mais um ciclo eu volto aqui e conto para vocês as minhas impressões!

Atualização: Confira como está minha pele após quase 6 meses de tratamento

9 thoughts on “Meu tratamento de Acne com Tetralysal 300mg – A vida sem anticoncepcional

  1. Comecei o tratamento com Tetralysal 300 mg há uma semana, junto com Clindamicina+Adapaleno para o rosto. No segundo dia minha acne tinha piorado bem, mas pelo que pesquisei é comum que isso aconteça e dure por um mês mais ou menos, o meu tratamento será de dois meses, estou torcendo para começar a ver alguma melhora no segundo mês, esse início é bem desanimador.

    No seu caso, houve alguma piora inicial? Se sim, quanto tempo você percebeu que a inflamação diminuiu?

    1. Matheus, o início desanima mesmo! Vou fazer um post entre hoje e amanhã para mostrar como meu rosto está agora, e vai por mim, vale a pena! Pelas fotos dá pra ver que de início não funcionou, o primeiro mês fiquei meio revoltada porque achei que tinha gastado dinheiro á toa! Comecei a sentir alguma diferença depois de 21 dias. Tomei o Tetralysal por 28 dias, no final desse período eu senti uma melhora, mas ainda não achava o bastante! Ai não tomei o Espironolactona por 10 dias e me senti super mal, parei e desisti de tomar qualquer outro remédio via oral. Continuei com o Epiduo e o Triacneal, depois de mais 1 mes, ai senti MESMO a diferença! Meu rosto hoje em dia não tem mais nenhuma acne, 6 meses depois que comecei o tratamento, só marcas/manchas que minha dermato já aviso que demora mesmo por volta de 1 ano pra sumir.

        1. Imagina =) Volte sempre por aqui <3
          Postei hoje sobre como minha pele está agora, dá uma olhada nas fotos, vai te animar ainda mais!

  2. Ah, eu não perco nem tempo. Já tomei e não achei o efeito tão maravilhoso. Daí fui para o Roacutan. Parecia que eu tinha entrado no Céu. Entendo que para mulher o Roacutan seja mais arriscado e dificilmente passam caso não seja um episódio gravíssimo.

    1. Acho que não só para mulher, Renan! Conheço meninos que tomaram também, cada corpo reage de uma forma, o maior efeito colateral que eu vi relatos é depressão, o roacutan acaba mexendo bastante com a parte psicologica.

  3. Boa noite, Steh!

    Primeiramente gostaria de parabenizá-la pela página e por compartilhar sua experiência de uma forma tão clara para seus seguidores.
    Tenho sofrido com essas malditas espinhas após o rompimento do uso de anticoncepcional.
    No seu relato você menciona dois produtos que foram usados em momentos diferentes, o primeiro Ácido Epiduo e o segundo Vitacid. É possível informar qual dos dois foi mais eficiente e rápido? Qual o seu sentimento em relação a cada um?
    Obrigada!

    1. Oi Juliete, tudo bem? Fico feliz em ter ajudado de alguma forma 🙂 Ambos são bons! O epiduo age desinchando e secando as espinhas, ele é melhor naquele momento em que o negócio ta muito feio mesmo, sabe? Ele o Tetralysal combinado fizeram super bem! O Vitacid é voltado pra retirar as manchas pós secamento das acnes, então a função dos dois no meu tratamento foi diferente. Mas, é importante falar com um dermato sobre, não é aconselhável usar ácido sem supervisão porque eles podem fazer mal, por exemplo, mulheres grávidas não podem utilizar nenhum dos dois, foi a primeira pergunta que me fizeram, se a retirada do anti era porque eu queria engravidar.
      Beijos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *